13 de julho de 2011

O Fisioterapeuta na Equoterapia


O profissional de Fisioterapia é habilitado à prevenção, diagnóstico e tratamento de problemas fisio-funcionais, trabalhando com métodos que utilizam de recursos físicos com a finalidade de restaurar, desenvolver e conservar a capacidade corpórea humana. Na Equoterapia ocorre o movimento que pode ser conduzido de forma terapêutica, ou seja, a cinesioterapia.

No universo rico do ambiente da Equoterapia, a Fisioterapia pode utilizar uma gama de alternativas e suas técnicas desde os quadros clínicos com diagnósticos mais brandos ate os mais severos. Dentre muitos benefícios, podemos destacar os seguintes:
·                     Melhora o equilíbrio e a postura;
·                     Desenvolve a coordenação de movimentos entre tronco, membros e visão;
·             Estimula a sensibilidade tátil, visual, auditiva e olfativa pelo ambiente e pelos trabalhos com o cavalo;
·                     Promove organização e a consciência do corpo;
·                     Tonifica e estimula a força muscular;
·                     Aumenta a auto-estima, facilitando a integração social;
·                     Desenvolve a coordenação motora fina;
·                     Estimula o bom funcionamento dos órgãos internos;
·                     Ajuda a superar fobias, como o de altura e o de animais;
·                     Melhora a memória, concentração e seqüência de ações;
·                     Motiva o aprendizado, encorajando o uso a linguagem;
·                     Ensina a importância de regras como a segurança e a disciplina;
·                     Aumenta a capacidade de independência e de decisão em situações diversas;
·                     Promove a sensação de bem-estar;
·                     Oferece sensações de ritmo; dentre outros.

“Um homem só se torna completamente humano quando se brinca.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário