12 de setembro de 2011

O Segredo de Tudo é o Amor!


Trabalhar com crianças é um dom. Conviver com crianças com necessidades especiais é uma dádiva imensa! Ao acrescentar a essa atividade  um cavalo, perpetuamos uma ligação atávica, maravilhosa e benéfica.
        Transformamos seres diferentes em um único maravilhoso ser: um centauro, guerreiro, cujas patas misturam-se aos braços, troncos unidos e olhares paralelos.
Trazer a tona sentimentos de prazer, auto-estima, autoconfiança, e principalmente proporcionar momentos lúdicos em forma de terapia é talvez o aspecto que transforma a equoterapia em uma atividade eficaz e divertida, gratificante para os que praticam e talvez um fator potencializador de elevação espiritual para aqueles que se dedicam a, sobre o dorso de um cavalo, alçar um vôo mágico.
Reconhecida como terapia de reabilitação, a equoterapia torna-se uma revolucionária maneira de reintroduzir o convívio com a natureza, revalorizando as atividades ao ar livre, o cheiro de mato, o calor que emana do corpo do cavalo, seus movimentos cadenciados e respostas suas às atitudes de carinho.
Sendo uma terapia altamente lúdica, torna-se eficaz pelo prazer que o praticante encontra sobre o cavalo, fazendo com que os resultados sejam rápidos e intensos, de forma dinâmica e divertida, cada praticante responde às solicitações dos profissionais da equipe de forma prazerosa, desenvolvendo atividades e exercícios sem a mecanização repetitiva e monótona, em meio ao verde e sob o azul do céu.
Descrever a totalidade de benefícios obtidos, o equilíbrio necessário ao caminhar, às vezes falta tão pouco! A sensação de conseguir foi difícil mas eu consegui!
Como definir todo o universo que a diversidade carrega consigo?  Descobrir que sobre o dorso de um cavalo, um olhar do alto, cada pessoa acostumada aos olhares de comiseração e tolerância trona-se grande, capaz e forte, resta-nos apenas a humildade de não tentar definir. Resta-nos a consciência de estar fazendo nossa parte de forma eficiente, de forma responsável e, por que não, de forma divertida?
Tornando-se agentes, juntamente com o cavalo, de grandes conquistas e vitórias, fortalecendo cada vez mais uma terapia antiga, utilizada em épocas diversas para beneficiar a vida e as condições de pessoas mutiladas, veteranos de guerra na Antiguidade, para pessoas nervosas e apresentada como a solução de distúrbios de forma quase empírica.
Atualmente, essa terapia com o cavalo é reconhecida oficialmente; depois de anos de pesquisa e acompanhamentos, exames clínicos, constatou-se que as melhorias eram reais e palpáveis. Contatou-se que era um valioso recurso também pára pequenos problemas comportamentais, entre tantos.
Sobre o dorso de um cavalo, cada criança suja infância é carregada de expectativas pode sentir o vento no rosto, o movimento ondulado, relaxante e embalador. Pode-se sentir-se livre, sob as asas desses anjos que caminham ao lado do cavalo, esses mesmos anjos que as acompanham e comemoram cada vitória. Cada criança tão especial  para todos nós que trabalhamos com elas e com o cavalo terá muito o que agradecer a maravilhosa obra que um desses anjos preparou, por meio de muitas pesquisas, e com o mesmo carinho que a leva a misturar seus passos no chão, com as marcas de ferraduras, perpetuando, uma ligação mitológica de seres criadores  num dia de muita inspiração pelo Grande Criador do Universo.

Ângela Simas Andrade de Oliveira
Recife, setembro de 2003.
Equitadora especialista em Equoterapia, Consultora Técnica, Fundadora e Diretora do Centro de Equoterapia de Pernambuco, Ex-Presidente da Associação Pernambucana de Equoterapia, atual Diretora do Centro Pernambucano de Terapia Eqüestre

Fonte: A Psicomotricidade na Equoterapia.
Tatiana Lermontov

Nenhum comentário:

Postar um comentário