23 de novembro de 2011

“Onde não existir afeto de fato não há relação humana possível”
(RISKALLA, 2002)


Nenhum comentário:

Postar um comentário