19 de novembro de 2012

A consciência deve ser colorida



Há tantos homens brancos de consciências negras por aí,
Há delas tão escuras que só se enxerga,
Preconceito, Racismo, Maldade, Ambição...
Talvez as mais transparentes sejam daqueles
Para quem este dia é dedicado!
Por que este dia mesmo?
Pra se ter consciência de que os outros dias também são deles?
Mas isso já devia estar explicito!
Que diferença há entre negros e brancos,
Para uns merecer mais que os outros?
Se formos medirmos vantagens,
Acho que os negros saem ganhando,
Têm uma pele muito mais bonita,
Uma maior resistência...
Não quero falar deste dia
Como um dia dedicado ao negro,
Todos os outros também são deles;
Mas um dia para recordar sua história,
Um dia para os brancos lembrar-se que não são melhores,
Um dia de comemoração pela sua resistência e insistência
Em provar que são iguais, por que o são;
Não um dia de consciência negra,
Mas consciência aberta, sábia, serena...
Todos os dias,
Para todos,
Negros, brancos, amarelos...
Cultivemos o espírito de luta de Zumbi,
Façamos da sua causa a nossa causa;
Apesar dos anos,
Esta luta ainda continua viva em todos os lugares,
Racismo e preconceito,
Ainda existem,
É hora de erradicá-los,
Não sejamos indiferentes a esta diferença absurdamente cultivada.
Lutemos por um mundo de gente de cor única,
A cor do amor.

Virgínia Santana - Anísio de Abreu - PI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário