25 de fevereiro de 2013

A maneira de lidar com os cavalos, segunda parte

Foto de Michele Picheli,
evento na Venda do Chico
Por Paula Tibúrcio

   Durante o treinamento ou o trabalho, é fundamental que, ao se deparar com erros dos cavalos, certifique-se de que não foi você que errou. Se ele não fez corretamente um exercício ou manobra, que habitualmente ele faz com tranquilidade, há uma grande chance de você ter errado um comando ou uma pressão de pernas. É claro que existem exceções. Uma silha mal apertada, uma manta mal posicionada ou uma dor. Não se esqueça também de que ele é um ser.
   Certos dias, animais submetidos a uma carga intensiva de trabalho, simplesmente não querem trabalhar enfadonhos e repetitivos exercícios. Analise se não foi você quem errou novamente. Talvez seja o dia de um passeio ou de soltá-lo no piquete.
   Paciência e calma! É normal rapidamente perdermos a calma com os cavalos. É claro que muitas vezes é necessária a repreensão, mas certifique-se de que o animal realmente sabia o que você queria.
   Ele deverá confiar em você para permitir a sua aproximação. Deve ter prazer em ter você próximo, rasqueando, alimentando, acariciando e até mesmo montando. Esse início de convivência é uma relação de ganho e confiabilidade.
   O cavalo geralmente associa o perigo a movimentos bruscos, quer seja de predadores, outros animais fugindo, chicotes estalando, tiros ou troncos de árvore caindo. Portanto, aja sempre sem movimentos bruscos para conquistar a sua confiança.

   Haroldo Vargas Leal Júnior, coordenador do Curso Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, diz que para lidar com cavalos, a primeira coisa é gostar deles. A segunda é ter a sensibilidade suficiente para entendê-los, interpretá-los. Em seguida, virão outros itens como persistência, autoconfiança, vigor físico, coragem e conhecimento teórico. Quanto à experiência, essa virá com o tempo. Se você for inteligente e esperto o bastante para analisar, filtrar e memorizar a experiência dos mais velhos na atividade, ótimo! Você estará ganhando anos-luz de experiência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário