7 de março de 2013

Já bebeu água hoje?

 Igual a nós, a água é o alimento básico que nunca deve faltar ao cavalo. Deve ser limpa e fresca, a uma temperatura de dez graus aproximadamente e não pode ter um sabor diferente, senão o cavalo não a irá beber. Se a água for demasiado fria, o cavalo pode ficar com cólicas.

Devemos deixar o cavalo beber a água que ele quiser, mas também devemos não deixar que ele beba demasiada logo duma vez.

Já a quantidade de comida que um cavalo precisa depende da sua idade, saúde e da atividade física que se requer. O caráter do cavalo também tem importância na sua alimentação. Um cavalo com peso a mais será menos alegre do que um bem alimentado. Como nas pessoas, o clima e o ambiente é outro fator a ter em conta na sua dieta. Portanto, no Inverno ele terá mais necessidades de comida do que no Verão, principalmente para manter a temperatura do seu corpo.

As coisas entre um cavalo doméstico e um selvagem não são as mesmas. Em liberdade, o cavalo como quase sempre. O seu estômago é relativamente pequeno, e por isso aconselha-se que eles se movimentem com frequência. Para alimentar um cavalo, três vezes ao dia é suficiente, mas se ele não é muito ativo, então duas vezes chegam. Se ele é muito ativo de dia, então recomenda-se que a sua alimentação seja feita à tarde. É importante seguir uma rotina em termos de comida, para que ele não fique nervoso ou possa sofrer indigestões.
Também, antes de montar o cavalo, deve-se esperar pelo menos uma hora depois da sua última refeição.

Fonte: Site Os cavalos

Nenhum comentário:

Postar um comentário