25 de abril de 2013

Características específicas e aptidões de algumas raças de cavalos

Paçoca e Biscoito
Por Paula Tibúrcio

As características se diferem principalmente pelo andamento, que pode ser trotado ou marchado. Cada raça de cavalo possui suas particularidades morfológicas, uma índole típica, como também as suas aptidões para o trabalho, esporte ou para o lazer e andamentos variados. Podemos dividir as raças de equinos em dois grandes grupos, conforme o seu tipo de andamento predominante: O Trote e a Marcha.

Continue lendo...


Cavalos Marchadores

Mangalarga Marchador

É uma raça que surgiu do cruzamento de um garanhão Alter Real, presente de D. Pedro II ao Barão de Alfenas, em Minas Gerais, com o rebanho mineiro da família Junqueira, de origem ibérica. A raça é prontamente identificada pela sua marcha em substituição ao trote. Trata-se de um andamento com momentos de tríplice apoio, muito cômodo, em contrapartida ao movimento diagonal e saltitante do trote. É uma das principais raças nacionais com crescente número de associados.

Características:

- Os animais da raça mangalarga marchador devem ter a cabeça de tamanho médio com a boca pequena e o perfil retilíneo.

- O pescoço deve ter as bordas superior e inferior retilíneas.

Aptidões: esportes hípicos, enduro e lazer.

Cavalos de Trote/Esporte

Árabe

O cavalo puro-sangue árabe teve início com cinco éguas escolhidas das cinco raças nativas na Arábia, que foram presenteadas pelas tribos do Iêmen ao profeta Maomé, o qual as abençoou e assim formou a atual raça puro-sangue árabe.

Características

- O animal padrão da raça árabe deve possuir as orelhas curtas e bem pontiagudas.

- A cabeça deve ser curta, e a distância entre ganachas bem maior que das outras espécies.

Aptidões: lazer, hipismo rural, enduro e trabalho.

Cavalos Para Corrida/ Salto/Hipismo

Puro Sangue Inglês

É o cavalo que possui o stud book (livro onde se registram os animais) mais antigo do mundo, aberto no século XVII, e que deu origem a todos os regulamentos das demais raças. Os britânicos, nesta época, estavam interessados em criar uma raça boa para corridas, cruzando cavalos árabes e bérberes com éguas nativas.

Características

- Deve possuir a estatura muito alta.

- Cabeça retilínea de média a longa, com orelhas de tamanho médio a longo, e boca pequena.

Aptidões: São animais ideais para corridas e concursos hípicos

Cavalos de Tração (Tiro)


Pônei

São originários da Ásia, norte da África e ilhas Shetland na Bretanha. Eles possuem os mesmos ancestrais do cavalo, sendo que, durante a evolução, teve de adaptar às condições de regiões como a Sibéria ou locais de mata fechada que dificultavam a locomoção de animais maiores. A diferença básica de um cavalo comum são as pernas mais curtas. A Associação de Criadores de Cavalo Pônei não registram animais que ultrapassem 1,15 m de altura, embora possam atingir até 1,42 m. A raça brasileira é resultante do cruzamento das raças de pôneis Shetland com Falabella (raça argentina de porte bem pequeno) e éguas nacionais de pequeno porte.

Características

- São animais dotados de grande rusticidade, precocidade, resistência ao trabalho e sobriedade na alimentação.

-A cabeça é pequena, fronte ampla e plana. O perfil vai do retilíneo ao subcôncavo.

Aptidões: Tração de pequenas charretes e se bem adestrados, para montaria infantil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário