7 de agosto de 2013

Equitação: aprenda a montar


O Mundo Equo também oferece Equitação para crianças e adultos. 
Para aprender a montar quer seja o seu objetivo atravessar belas paisagens em passeios pelo campo, quer tenha sonhos de competir internacionalmente é preciso: um ótimo professor, um cavalo adequado e um ambiente seguro.


O mais importante na compra de equipamento é você sentir-se confortável e seguro. É essencial uma proteção para a cabeça, ou “toque”, que tenha um tamanho adequado e obedeça aos padrões de segurança, assim como calçado seguro: as botas jodhpur ou as botas de borracha são uma solução muito pouco dispendiosa. Usar botas de sola rígida ou calçado desportivo torna-se perigoso dado que podem escorregar para dentro dos estribos ou estes podem ficar na ponta dos pés.
Caso não queira investir em calções de montar no início, opte por roupas nem muito largas nem muito apertadas, calças sem costuras de lado (são muito mais confortáveis que “jeans”) e umas luvas de algodão ou lã.

O professor deve estar sempre no controle, escolhendo um cavalo calmo e experiente e conduzi-lo por uma guia (uma rédea longa com que se controla o cavalo enquanto este anda em círculo), assim, só tem que seguir as indicações e fundamentos do professor, ficar bem concentrado e adaptar-se ao movimento do cavalo.
No início, o ideal é montar uma vez por semana, no entanto se o fizer duas vezes por semana vai progredir mais rapidamente. Entre as aulas pode nadar, pedalar ou saltar á corda pois estes exercícios ajudam a tonificar os músculos que são utilizados quando monta.

Comunicar com os Cavalos
Ao aprender a montar você também vai estar a apreender a comunicar com estes animais.
A sua postura quando se senta em cima do cavalo é muito importante, e não é apenas para ficar bonito, mas também para que consiga dar indicações ao cavalo com o assento, as pernas, as mãos e também a voz. A primeira coisa a aprender é manter o equilíbrio a passo, depois a trote e em seguida o galope.
Nenhum cavaleiro, nem mesmo os melhores, deixa de aprender e é sempre necessário muita prática. 
Pode ter em conta os seguintes conselhos:
Não olhe para baixo mas sempre para onde quer ir;
Não sustenha a respiração, pois fica mais descontraído;
Ao segurar as rédeas pense que têm um passarinho nas mãos agarre-o para que não fuja, mas não o aperte para não o magoar;
Ao trotar ou a galopar tente captar o movimento com a cintura; um bom cavaleiro apesar de parecer que está quieto acompanha o movimento do cavalo.

Compreender a mentalidade do Cavalo
Para aumentar a sua confiança tente apreender a lidar com os cavalos e a pensar como eles: sempre que possa mexa, limpe e aparelhe os cavalos, ao mesmo tempo que fala com eles calmamente: evite os gestos bruscos e sons fortes.
O cavalo, têm um ângulo de visão de aproximadamente 360º, com um ângulo morto à frente, devido aos seus olhos estarem nos lados da cabeça. Utilize a linguagem corporal para comunicar com os cavalos, (por exemplo: se os olhar diretamente nos olhos, têm tendência para se afastarem), mas sempre aproximando-se por um lado em que o possam ver.

Ao longo da sua aprendizagem, não deve resistir ao deparar-se com obstáculos difíceis de ultrapassar ou se não tiver uma evolução contínua, deve procurar o seu professor sempre que algo o preocupa.
A etapa que sucede à aprendizagem das bases à guia é montar em um recinto fechado. Geralmente este recinto tem à volta letras A, K, E, H, C, M, B e F. Estas letras servem de ponto de referência ao fazer os círculos. Observar cavaleiros mais experientes, (a trabalhar, em vídeo, em competição vai também ajudá-lo pois vai ter uma noção visual da maneira correta de montar podendo isso influenciá-lo.

Além de fazer aulas de equitação, você pode pedir conselhos aos seus amigos com experiência na área e procurar em revistas de equitação as opções que lhe convém.

Fonte: Tudo sobre cavalos

Nenhum comentário:

Postar um comentário