27 de outubro de 2014

Cavalos podem auxiliar no combate ao estresse jovens

Teste a partir da saliva revelou que praticar equitação diminui níveis do hormônio cortisol. Uma recente  pesquisa concluiu que cuidar de cavalos e praticar equitação pode ajudar a diminuir o estresse entre os adolescentes. O estudo inglês mostrou que os jovens que passavam algum tempo manuseando, e preparando cavalos, para cavalgar, apresentaram menores níveis de cortisol, o hormônio do estresse, no organismo.Os cientistas analisaram a saliva de 130 jovens que estavam participando de um curso de equitação, o qual teve duração de 12 semanas. Os adolescentes passaram 90 minutos por semana aprendendo sobre higiene e equitação, cada um produziu seis amostras ao durante dois dias, antes e depois do programa.A equipe verificou os níveis de cortisol nas amostras. Os resultados, publicados no "Human-Animal Interaction Bulletin”, da Associação Psicológica Americana, revelou que os adolescentes que brincavam com cavalos tinham significativamente os níveis de stress mais baixos que os demais.Patricia Pendry, doutora da Universidade Estadual de Washington, comentou a descoberta— Descobrimos que as crianças que tinham participado do programa tinham níveis de cortisol muito mais baixos em comparação com as crianças no grupo da lista de espera. É uma notícia animadora, porque sabemos que os níveis mais altos da base de cortisol - principalmente no período da tarde -, são consideradas um fator de risco potencial para o desenvolvimento de psicopatologia— explica ela.Os pesquisadores esperam que o estudo possa ser um primeiro passo para encontrar maneiras de impedir que os adolescentes desenvolvam problemas de saúde mental. Estudos anteriores já tinham apontado que interagir com cães, cavalos e gatos pode ser bom para as crianças, uma vez que melhora a sua autoestima.


Nenhum comentário:

Postar um comentário